Ale

Ale

 
YT001 - American Ale

O fermento American Ale (YT001) possui caráter neutro, ideal para o desenvolvimento de cervejas equilibradas, normalmente utilizado para estilos americanos. Com baixa produção de diacetil, contribui para que a cerveja possua um final limpo e seco, sendo considerado uma ótima opção em diversos estilos. Sua floculação é média, com atenuação entre 72% a 79%.

Estilos: Estilos: India Pale Ale, Imperial IPA, American Pale Ale, Amber Ale, American Brown Ale, Pale Ale, Stout, Red Ale, Bitter, entre outras.
YT003 - Queen Ale

A levedura Queen Ale (YT003) destaca-se por desenvolver uma rápida cinética de fermentação, alcançando a densidade final do mosto em curtos períodos de tempo. A produção de ésteres que resultam em um leve aroma frutado pode ser notada, bem como um dulçor residual destacado. É capaz de formar um compacto sedimento ao final da fermentação, facilitando a obtenção de cervejas mais límpidas. Sua floculação é alta, com atenuação entre 69% a 75%.

 

Estilos: Ideal para elaboração de diferentes cervejas Ale, principalmente estilos ingleses. São exemplos Imperial IPA, India Pale Ale, Stout, Imperial Stout, English Old Ale, entre outras.

O fermento Monasterion Ale (YT005) realiza uma fermentação rápida, alcançando a densidade final em poucos dias, mesmo em mostos de alta densidade. Com capacidade de fermentar cervejas acima de 9% de ABV, a Monasterion Ale contribui com um perfil balanceado, podendo ainda participar da formação de notas de frutas e condimento quando a temperatura de fermentação é mantida acima dos 21 ⁰C. Muito utilizada no desenvolvimento de cervejas de abadia e indicada para cervejas de alta gravidade inicial. Sua floculação é média/alta, com atenuação entre 75% a 82%.

YT005 - Monasterion Ale
 

Estilos: Belgian Blonde Ale, Dubbel, Trippel, Quadruppel, Belgian Dark Strong Ale, India Pale Ale, entre outras.

 
YT007 - BELGIA Ale

Conferir notas condimentadas e apimentadas à cerveja é a principal especialidade do fermento B.E.L.G.I.A Ale (YT007). O aumento da produção de ésteres está diretamente relacionado com a elevação da temperatura de fermentação do mosto. Levedura resistente a altas concentrações de álcool, é indicada para fermentação de mostos de alta densidade inicial, para estilos que possam atingir até 10,5% ABV. Quando o sedimentado de fermento encontra-se na cerveja produzida, sua homogeneização pode gerar certa turbidez. Ideal para ales de sabor e aroma complexos. Sua floculação é baixa, com atenuação entre 74% a 81%.

Estilos: Belgian Blonde Ale, Belgian Golden Strong Ale, Belgian Dark Strong Ale, Witbier, India Pale Ale, Dubbel, Trippel, entre outras.

YT008 - Mit Hefe Ale

A levedura mais popular na produção de cervejas de trigo. Ésteres e sabores fenólicos são conferidos à cerveja, juntamente de um perfil sensorial que remete a cravo e/ou banana em seu aroma. Caso seja desejado um aroma tendendo ao cravo, a fermentação deve ocorrer abaixo dos 19 ⁰C, caso o balanço do perfil aromático desejado seja com tendência mais para banana, a temperatura de fermentação deve ser configurada acima dos 21 ⁰C. Alto drinkability e fermento em suspensão também são esperados como resultado de sua utilização. Compostos sulfurosos são esperados, porém são facilmente eliminados através de maturação. Sua floculação é baixa/muito baixa, com atenuação entre 72% a 76%.

 

Estilos: Desenvolvida especialmente para cervejas de trigo, principalmente Weissbier, Dunkelweizen, Weizenbock.

Estilos: Utilizado principalmente para Saison. Ainda pode ser utilizado para Bière de garde e demais cervejas de estilo belga.

Levedura Ale de origem belga, a Sais ON! (YT009) é reconhecida pela sua alta capacidade de tolerância ao álcool (até 14% ABV), sendo responsável pela produção de ésteres e fenóis que conferem a cerveja produzida notas frutadas, apimentadas e picantes. Apresenta uma ativação rápida e fermentação vigorosa. Sua floculação é média/baixa, com atenuação entre 76% a 83%.

YT009 - Sais ON!
 
 
YT013 - Vermont Ale

Com origem nos Estados Unidos, a levedura Vermont Ale (YT013) é responsável pela produção de um aroma frutado sútil, balanceado, com notas de pêssego e frutas cítricas. Geralmente sua utilização está acompanhada de lúpulos americanos, aplicada principalmente em India Pale Ale e New England IPAs. Sua floculação é média/baixa, o que pode ser notado pela “turbidez” na cerveja produzida. A atenuação permanece entre 75% a 80%, sendo comum que a fase lag (início da fermentação) seja ligeiramente mais demorada que as demais cepas.

Estilos: New England IPA, Juicy IPA. Eventualmente pode ser utilizada também em  American Wheat Beer, American Amber Ale, American Brown Ale, American Stout, entre outras.

Mais informações em:

Voltar ao topo

por Yeastech  © 2018 

  • Instagram - Black Circle
  • Facebook - Black Circle

Rua Marechal Deodoro 815

Pelotas - Rio Grande do Sul - Brasil

Yeastech Fabricação de Levedura de Cerveja Ltda.

CNPJ: 28.602.828/0001-39

(53) 99971-8181

Biotecnologia na produção de fermentos.